Cirurgia Dermatológica

 

 

 

Na pele surgem muitas lesões (tumores benignos e malignos, quistos, verrugas, moluscos, dermatofibromas, nevos melanocíticos, queratoses, etc.) que podem justificar tratamento cirúrgico, pelo perigo que representam ou por razões natureza estética ou de "incómodo".

Técnicas cirúrgicas habitualmente utilizadas na dermatologia:

  • Cirurgia clássica: exérese seguida de encerramento por sutura directa ou plastia com retalho ou enxerto.
  • Electrocoagulação / curetagem: utilizada normalmente em lesões epidérmicas benignas.
  • Criocirurgia: destruição das lesões utilizando um agente criogénico (azoto líquido).
  • Laserterapia: p.ex. laser CO2 que permite destruir lesões superficiais com bom resultado estético.